AUGUSTO PESSÔA - CONTADOR DE HISTÓRIAS - (BRASIL)

Minha foto
Ator, Cenógrafo, Figurinista, Arte Educador Dramaturgo e Contador de Histórias. Bacharelado em Artes Cênicas (Habilitação em Interpretação e Habilitação em Cenografia) pela UNI-RIO - Universidade do Rio de Janeiro.

A PANQUECA FUGITIVA, O RESMUNGÃO E OUTROS CONTOS NÓRDICOS

A PANQUECA FUGITIVA, O RESMUNGÃO E OUTROS CONTOS NÓRDICOS

HISTÓRIAS DE NATAL

HISTÓRIAS DE NATAL
livro de contos populares adaptados e ilustrados por Augusto Pessõa - Ed. Escrita Fina (2010)

HISTÓRIAS DE BRUXAS - livro

HISTÓRIAS DE BRUXAS - livro
Clique na imagem para conhecer o livro e a Editora LIVROS ILIMITADOS. Você pode adquir um exemplar do livro de Augusto Pessôa e conhecer outras publicações da editora.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

CONTO DA MULHER QUE TINHA UMA FILHA FABRICANTE DE AZEITE DE DENDÊ

Um dia, uma menina tinha terminado de preparar seu azeite e tinha arrumado todos os seus negócios em casa, foi à feira vender o azeite, onde ficou até escurecer. Quando chegou a noite, apareceu um Velho, comprou azeite e pagou com alguns cobres. A menina contou os cobres, e viu que estava faltando um. Ela pediu ao Velho que completasse o valor. O Velho respondeu que não tinha mais cobres. Então a menina começou a chorar, dizendo:
- Não posso voltar para casa com cobres a menos, pois minha mãe me baterá.
O Velho foi-se e a menina seguiu-o.
- Vai embora, menina, pois ninguém pode entrar no país onde eu moro - falou o Velho quando viu que a menina o seguia.
- Não - disse a menina - eu vou até onde você for e só voltarei quando pagar o meu cobre.
Então seguiram. Caminharam muito até que chegaram à margem do riacho. Aí, o Velho disse:
- Menina vendedora de azeite-dendê, agora você deve voltar.
- Só voltarei quando receber o meu cobre.
- Cedo este rastro de sangue no rio desaparecerá e você deve voltar - replicou o Velho.
- Não voltarei.
- Está vendo aquela floresta escura?
- Estou, mas não voltarei.
- Está vendo aquela montanha pedregosa?
- Estou, mas não voltarei sem receber o meu cobre.
Daí, andaram por um caminho comprido, até que chegaram na terra dos Mortos. O Velho deu alguns cocos de dendê para a menina fazer azeite e disse:
- Coma o azeite e me dê à casca.
Quando o azeite ficou pronto, ela comeu a casca e deu o azeite para o Velho. O Velho deu uma banana e disse:
- Coma a banana e me dê à casca.
A menina comeu a casca e deu a banana para o Velho comer. Então, disse o Velho:
- Está vendo aquele monte de cabacinhas? Apanhe três daquelas cabacinhas. Não tire das que pedirem, e sim das que ficarem caladas e volte para sua casa. Quando estiver no meio do caminho, quebre uma; na porta de sua casa, quebre a outra; e a última, quando você estiver dentro de casa.
- Muito bem, será feita a sua vontade - disse a menina.
A menina apanhou suas cabacinhas como o Velho ensinou e voltou para casa.
No meio do caminho quebrou a primeira cabacinha e apareceram muitos escravos e cavalos que lhe seguiram. Quando estava à porta de casa, quebrou a outra e logo apareceu muita gente, carneiros, cabras, bois e muitas aves que a seguiram. Chegando dentro de casa quebrou a última. De repente, a casa ficou cheia de cobres por tudo quanto foi canto. A mãe da menina então, com toda aquela riqueza, resolveu mandar para uma senhora vizinha, vinte panos da costa, muitas voltas de contas e vinte animais de cada espécie que a menina ganhou no presente.
Esta senhora era muito invejosa e tinha uma filha mais invejosa ainda, e, sabendo como a filha da outra tinha recebido os presentes, fez azeite-dendê e deu à sua filha para ir vender na feira. Explicou a filha que ela deveria fazer o mesmo que a filha da vizinha. A menina foi e o Velho apareceu comprando azeite, pagando com o número certo de cobres. A menina invejosa escondeu um, dizendo não ter recebido os cobres completos.
- O que eu posso fazer? - perguntou o Velho - Não tenho mais cobre.
- Eu vou até sua casa e lá você me paga?
- Está certo – respondeu o Velho.
Quando estavam caminhando, o Velho começou a dizer o que tinha dito para a outra menina.
- Jovem vendedora de azeite-dendê,agora deves voltar para sua casa.
- Não voltarei - disse a menina.
- Então vamos adiante - respondeu o Velho.
E seguiram até a terra dos Mortos. O Velho deu cocos de dendê para fazer azeite e disse:
- Coma o azeite e me traga a casca.
A menina assim fez e o Velho disse:
- Muito bem.
Deu a banana. A menina comeu a banana e devolveu a casca.
Então, o Velho disse:
- Esta vendo aquele monte de cabacinhas? Vá, tire três cabacinhas, mas só tira das que estiverem caladas. Das que pedirem para ser tiradas, você não tira.
A menina fez o contrário e tirou as que pediram para ser tiradas.
O Velho então disse:
- No meio do caminho, você quebra uma; na porta de sua casa, quebra a outra; e dentro de sua casa quebra a última.
No meio do caminho, ela quebrou a primeira cabacinha. Aí, apareceu uma porção de cachorros correndo atrás dela, dando-lhe dentadas. Já exausta, ela chegou à porta da casa, quebrou a outra cabacinha, saindo leões ferozes, que caíram em cima dela mordendo e rasgando seu vestido. Quando ela quis entrar, a porta estava fechada e não tinha pessoa nenhuma em casa, pois até a mãe dela estava na rua. Na porta mesmo a menina foi morta pelos animais que lhe acompanhavam.
É assim que acontece com as pessoas que são invejosas.

Nenhum comentário:

A RÃ E O BOI - VÍDEO

A RÃ E O BOI - VÍDEO
Apresentação de Augusto Pessôa no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias SESC RJ 2010. Clique na imagem e assista a história

A MENINA QUE FAZIA AZEITE DE DENDÊ

A MENINA QUE FAZIA AZEITE DE DENDÊ
Clique na imagem e assista a hitória

UMA APOSTA (VÍDEO)

UMA APOSTA (VÍDEO)
Conto de Artur Azevedo. CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O VÍDEO

LIVROS LEGAIS

  • GRAMÁTICA DA FANTASIA de Gianni Rodari - Summus Editorial.
  • GUARDADOS DO CORAÇÃO – Memorial para Contadores de Histórias de Francisco Gregório Filho - Editora Amais.
  • FÁBULAS ITALIANAS de Ítalo Calvino - Editora Companhia das Letras
  • DICIONÁRIO DE FOLCLORE BRASILEIRO de Câmara Cascudo - Editora Itatiaia
  • VASOS SAGRADOS de Maria Inez do Espírito Santo - Ed Rocco
  • MEUS CONTOS AFRICANOS - seleção de Nelson Mandela - Ed Martins
  • LENDAS BRASILEIRAS de Camara Cascudo - Ediouro
  • CONTOS TRADICIONAIS DO BRASIL de Camara Cascudo - Ed Itatiaia
  • CONTOS POPULARES DO BRASIL de Silvio Romero - Ed Itatiaia

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo

MARIA BORRALHEIRA (VÍDEO)

MARIA BORRALHEIRA (VÍDEO)
Peça teatral baseada no conto popular MARIA BORRALHEIRA com Augusto Pessôa e Rodrigo Lima. Direção Rubens Lima Junior. Clique na foto e assista a um trecho da peça.

FELIZES PARA SEMPRE (RESENHA)

FELIZES PARA SEMPRE (RESENHA)
Clique na imagem e veja a resenha do livro FELIZES PARA SEMPRE

QUANDO OS BICHOS AINDA FALAVAM

QUANDO OS BICHOS AINDA FALAVAM
Apresentação no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias SESC RJ 2009

A MENINA QUE VIROU CORUJA (VÍDEO)

A MENINA QUE VIROU CORUJA (VÍDEO)
Conto Africano. Clique na imagem e assista ahistória

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Cliuqe na imagem e assista a um trecho do espetáculo

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo.

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Clique na imagem e assita a um trecho do espetáculo

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - SONHO DE MENINA

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - SONHO DE MENINA
Apresentação no SESC Niterói - nov 2009 - Clique na imagem e assista a apresentação.

O MARIDO FIEL - VÍDEO

O MARIDO FIEL - VÍDEO
Conto de Nelson Rodrigues - adaptação e narração de Augusto Pessôa. Clique na imagem e assista a história.

O JABUTI E A FRUTA (VÍDEO)

O JABUTI E A FRUTA (VÍDEO)
conto popular adaptado por Augusto Pessôa. CLIQUE NA IMAGEM E ASSISTA AO VÍDEO

VOU BUSCAR O MEU AMOR (VÍDEO)

VOU BUSCAR O MEU AMOR (VÍDEO)
Cena do espetáculo A MOURA TORTA. Clique na foto e veja a cena

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo em cartaz no teatro do Jockey - Gávea

JABUTI

JABUTI
Apresentação no Simpósio Internacional de contadores de Histórias - SESC RJ 2009. Clique na imagem e assista a um trecho da apresentação

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - abertura da peça (VÍDEO)

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - abertura da peça  (VÍDEO)
Apresentação no SESC Niterói - nov 2009 - Clique na imagem e assista a apresentação

A NOITE QUE A LUA SUMIU DO CÉU (VÍDEO)

A NOITE QUE A LUA SUMIU DO CÉU (VÍDEO)
Clique na imagem e veja um clipe do espetáculo

A DAMA DO LOTAÇÃO (VÍDEO)

A DAMA DO LOTAÇÃO (VÍDEO)
conto de Nelson Rodrigues. Adaptação e narração de Augusto Pessôa

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (VÍDEO)

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (VÍDEO)
Peça baseada no conto popular O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (2003). Clique na foto e veja um trecho do espetáculo.

TOC, TOC, TOC, TOC (VÍDEO)

TOC, TOC, TOC, TOC (VÍDEO)
Conto de Arur Azevedo. CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O VÍDEO

MALASARTES E O HOMEM ENGANADO DUAS VEZES (VÍDEO)

MALASARTES E O HOMEM ENGANADO DUAS VEZES (VÍDEO)
Contação de Histórias. Clique na imagem e assista a contação.

MENINA FACEIRA

MENINA FACEIRA
Apresentação de Augusto Pessôa e Rodrigo Lima no Instituto Moreira Salles - set 2009. Clique na imagem e veja a apresentação.

HISTÓRIA DE ANTANHO (VÍDEO)

HISTÓRIA DE ANTANHO (VÍDEO)
NA CASA DE SEU PEDRÃO. Apresentação de Augusto Pessôa e Rodrigo Lima no SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CONTADORES DE HISTÓRIAS - SESC RJ (2008). Clique na imagem e veja a apresentação

MÚSICA - NA FEIRA DO TEM TEM (VÍDEO)

MÚSICA - NA FEIRA DO TEM TEM (VÍDEO)
O Rei Doente do Mal de Amores - apresentação no SESC Niterói 2009. Clique na imagem e assista a cena.

PARA SEMPRE FIEL (VÍDEO)

PARA SEMPRE FIEL (VÍDEO)
Conto de Nelson Rodrigues - adaptação e narração de Augusto Pessôa

SUSPIROS VÃO E VEM (VÍDEO)

SUSPIROS VÃO E VEM (VÍDEO)
Apresentação do espetáculo O REI DOENTE DO MALDE AMORES no SESC Niterói 2009. Clique na imagem e assista a apresentação

MALASARTES! (VÍDEO)

MALASARTES! (VÍDEO)
Peça baseada nas histórias de Pedro Malasartes. Clique na foto e veja um trecho do espetáculo

O JABUTI E A FRUTA

O JABUTI E A FRUTA
Apresentação no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias - SESC RJ 2009. Clique na imagem e assista a história

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Crítica do espetáculo publicada no JORNAL DO BRASIL

MARIA BORRALHEIRA - CRÍTICA (IMAGEM)

MARIA BORRALHEIRA - CRÍTICA (IMAGEM)
Clique na imagem e leia a crítica sobre o espetáculo

MALASARTES - CRÍTICA (IMAGEM)

MALASARTES - CRÍTICA (IMAGEM)
Clique na imagem e leia a crítica do espetáculo.

CRÍTICA DO ESPETÁCULO O REI DOENTE DO MAL DE AMORES

CRÍTICA DO ESPETÁCULO O REI DOENTE DO MAL DE AMORES

MALASARTES - Histórias de Um Camarada Chamado Pedro

MALASARTES - Histórias de Um Camarada Chamado Pedro
Livro de Augusto Pessôa publicado pela Editora ROCCO (2007)

FELIZES PARA SEMPRE

FELIZES PARA SEMPRE
Livro com adaptações de Augusto Pessôa - Editora ROCCO (2003)

CONTOS DE HUMOR

CONTOS DE HUMOR
Contos de Artur Azevedo - organização Augusto Pessôa - Editora ROCCO (2008)

CONTANDO HISTÓRIAS NA ABL

CONTANDO HISTÓRIAS NA ABL
CONTANDO HISTÓRIAS NA BIBLIOTECA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS