AUGUSTO PESSÔA - CONTADOR DE HISTÓRIAS - (BRASIL)

Minha foto
Ator, Cenógrafo, Figurinista, Arte Educador Dramaturgo e Contador de Histórias. Bacharelado em Artes Cênicas (Habilitação em Interpretação e Habilitação em Cenografia) pela UNI-RIO - Universidade do Rio de Janeiro.

HISTÓRIAS DE NATAL

HISTÓRIAS DE NATAL
livro de contos populares adaptados e ilustrados por Augusto Pessõa - Ed. Escrita Fina (2010)

HISTÓRIAS DE BRUXAS - livro

HISTÓRIAS DE BRUXAS - livro
Clique na imagem para conhecer o livro e a Editora LIVROS ILIMITADOS. Você pode adquir um exemplar do livro de Augusto Pessôa e conhecer outras publicações da editora.

sábado, 22 de maio de 2010

HISTÓRIA DE PUM - conto popular


Essa história aconteceu há muito tempo... No tempo dos escravos. Diz que tinha um rapaz que adorava ir numa casa de família onde moravam muitas moças. O rapaz ficava falando, no meio das moças, feliz da vida. Mas teve um dia que ele tanto falou, tanto contou, e se empolgou, que sem querer (mas sem querer mesmo) ele soltou um PUM. Ai, que o rapaz ficou tão sem graça. As moças zombaram tanto dele, que o pobre logo inventou uma desculpa e foi embora.
Ia pela rua cabisbaixo, quando encontrou uma velha que ele conhecia de há muito tempo. A velha quando viu o rapaz tão triste, perguntou:
- Que foi, meu netinho, que vai assim tão triste?
- Deixe minha vó, deixe... Olha que agora fiz uma besteira, mas uma besteira grande!! Não é que eu estava na casa daquelas moças e sem querer, mas sem querer mesmo, eu soltei um pum. Ai, que elas zombaram tanto de mim...
- Deixe, meu netinho, que eu vou arrumar um jeito de você se vingar delas!!
Essa velha era meio bruxa. Ela foi em casa e preparou uns pózinhos mágicos, embrulhou num papel, voltou e entregou para o rapaz, dizendo:
- Tome meu neto. Você vai colocar esse papelzinho embaixo do batente da porta de entrada da casa das moças. Sem ninguém ver. Depois se esconda. Desapareça de lá por um tempo!!!
O rapaz assim fez. Colocou o papelzinho embaixo do batente da porta de entrada da casa das moças, sem ninguém ver, e foi embora. Logo, uma escrava da casa entrou pela porta, passou pelo batente e foi logo se soltando:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
O povo da casa não gostou:
- Ô escrava, se segura! Tome vergonha, mulher!!!
Mas a pobre da escrava não conseguia se segurar era só:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
A dona da casa não gostou nada da história:
- Tome vergonha, escrava!! Olha que eu pego a chibata!!
Mas a escrava não conseguia se segurar. A dona da casa ficou furiosa, correu no terreiro, pegou uma chibata e veio como uma doida para dar na coitada da escrava. Mas passou pelo batente da porta e começou a se soltar:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
Agora, era a escrava e a sinhá:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
O povo todo da casa ficou apavorado. Começou a correr e a gritar, passando pelo batente da porta. Agora era o velho, as moças, todo mundo só se soltando:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
O velho da casa gritou:
- Socorro! PUM... Essa casa... PUM... TÁ amaldiçoada.. PUM...PUM...
A sinhá gritou para a escrava:
- Escrava... PUM... vá chamar o padre... PUM... pra benze a casa... PUM...PUM...
A escrava saiu correndo para chamar o padre:
PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM...
Chegou na igreja e chamou o padre:
- Meu sinhô padre-vigário... PUM... a minha sinhá... PUM... tá chamando o sinhô... PUM... pra mode benze a casa... PUM... PUM...
O padre não gostou daquela história:
- Escrava, tenha vergonha!! Na frente da Igreja se soltando!!!
A escrava voltou com o padre:
PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM... PRUM...
Mas foi o padre entrar na casa e... foi logo se soltando:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
O sacristão que vinha atrás, também se soltou:
PUM... PUM... PUM... PUM... PUM...
Benzeram a casa debaixo de muito PUM. O padre foi embora sem dar jeito naquela história.
Passou um tempo, o rapaz voltou. Mas não entrou na casa pela frente. Entrou pelos fundos. Foi entrando, escutando uns barulhos esquisitos e sentindo um cheiro estranho... até que encontrou com o velho da casa e perguntou o que estava acontecendo. E o velho respondeu:
- Ah, meu amigo... PUM... agora nessa casa... PUM... é todo mundo se soltando... PUM...PUM...
As moças, quando viram o rapaz, tentaram se esconder. Mas o rapaz foi mais rápido e zombou muito delas:
- Ah, quer dizer que naquele dia, por que eu soltei um PUMZINHO bem pequenininho, vocês ficaram zombando de mim! Agora estão aí que nem uma bateria! Estou vingado!!
O rapaz foi embora. Tirou o papelzinho de debaixo da porta, acabaram-se os PUNS e a história.


Adaptação de Augusto Pessôa do conto popular“As moças e os Puins”

Nenhum comentário:

A RÃ E O BOI - VÍDEO

A RÃ E O BOI - VÍDEO
Apresentação de Augusto Pessôa no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias SESC RJ 2010. Clique na imagem e assista a história

A MENINA QUE FAZIA AZEITE DE DENDÊ

A MENINA QUE FAZIA AZEITE DE DENDÊ
Clique na imagem e assista a hitória

UMA APOSTA (VÍDEO)

UMA APOSTA (VÍDEO)
Conto de Artur Azevedo. CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O VÍDEO

LIVROS LEGAIS

  • GRAMÁTICA DA FANTASIA de Gianni Rodari - Summus Editorial.
  • GUARDADOS DO CORAÇÃO – Memorial para Contadores de Histórias de Francisco Gregório Filho - Editora Amais.
  • FÁBULAS ITALIANAS de Ítalo Calvino - Editora Companhia das Letras
  • DICIONÁRIO DE FOLCLORE BRASILEIRO de Câmara Cascudo - Editora Itatiaia
  • VASOS SAGRADOS de Maria Inez do Espírito Santo - Ed Rocco
  • MEUS CONTOS AFRICANOS - seleção de Nelson Mandela - Ed Martins
  • LENDAS BRASILEIRAS de Camara Cascudo - Ediouro
  • CONTOS TRADICIONAIS DO BRASIL de Camara Cascudo - Ed Itatiaia
  • CONTOS POPULARES DO BRASIL de Silvio Romero - Ed Itatiaia

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo

MARIA BORRALHEIRA (VÍDEO)

MARIA BORRALHEIRA (VÍDEO)
Peça teatral baseada no conto popular MARIA BORRALHEIRA com Augusto Pessôa e Rodrigo Lima. Direção Rubens Lima Junior. Clique na foto e assista a um trecho da peça.

FELIZES PARA SEMPRE (RESENHA)

FELIZES PARA SEMPRE (RESENHA)
Clique na imagem e veja a resenha do livro FELIZES PARA SEMPRE

QUANDO OS BICHOS AINDA FALAVAM

QUANDO OS BICHOS AINDA FALAVAM
Apresentação no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias SESC RJ 2009

A MENINA QUE VIROU CORUJA (VÍDEO)

A MENINA QUE VIROU CORUJA (VÍDEO)
Conto Africano. Clique na imagem e assista ahistória

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Cliuqe na imagem e assista a um trecho do espetáculo

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo.

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)

ERA VIDRO E SE QUEBROU (VÍDEO)
Apresentação do Coral da Ciser - Joinville (2009). Clique na imagem e assita a um trecho do espetáculo

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - SONHO DE MENINA

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - SONHO DE MENINA
Apresentação no SESC Niterói - nov 2009 - Clique na imagem e assista a apresentação.

O MARIDO FIEL - VÍDEO

O MARIDO FIEL - VÍDEO
Conto de Nelson Rodrigues - adaptação e narração de Augusto Pessôa. Clique na imagem e assista a história.

O JABUTI E A FRUTA (VÍDEO)

O JABUTI E A FRUTA (VÍDEO)
conto popular adaptado por Augusto Pessôa. CLIQUE NA IMAGEM E ASSISTA AO VÍDEO

VOU BUSCAR O MEU AMOR (VÍDEO)

VOU BUSCAR O MEU AMOR (VÍDEO)
Cena do espetáculo A MOURA TORTA. Clique na foto e veja a cena

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Clique na imagem e assista a um trecho do espetáculo em cartaz no teatro do Jockey - Gávea

JABUTI

JABUTI
Apresentação no Simpósio Internacional de contadores de Histórias - SESC RJ 2009. Clique na imagem e assista a um trecho da apresentação

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - abertura da peça (VÍDEO)

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES - abertura da peça  (VÍDEO)
Apresentação no SESC Niterói - nov 2009 - Clique na imagem e assista a apresentação

A NOITE QUE A LUA SUMIU DO CÉU (VÍDEO)

A NOITE QUE A LUA SUMIU DO CÉU (VÍDEO)
Clique na imagem e veja um clipe do espetáculo

A DAMA DO LOTAÇÃO (VÍDEO)

A DAMA DO LOTAÇÃO (VÍDEO)
conto de Nelson Rodrigues. Adaptação e narração de Augusto Pessôa

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (VÍDEO)

O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (VÍDEO)
Peça baseada no conto popular O REI DOENTE DO MAL DE AMORES (2003). Clique na foto e veja um trecho do espetáculo.

TOC, TOC, TOC, TOC (VÍDEO)

TOC, TOC, TOC, TOC (VÍDEO)
Conto de Arur Azevedo. CLIQUE NA IMAGEM E VEJA O VÍDEO

MALASARTES E O HOMEM ENGANADO DUAS VEZES (VÍDEO)

MALASARTES E O HOMEM ENGANADO DUAS VEZES (VÍDEO)
Contação de Histórias. Clique na imagem e assista a contação.

MENINA FACEIRA

MENINA FACEIRA
Apresentação de Augusto Pessôa e Rodrigo Lima no Instituto Moreira Salles - set 2009. Clique na imagem e veja a apresentação.

HISTÓRIA DE ANTANHO (VÍDEO)

HISTÓRIA DE ANTANHO (VÍDEO)
NA CASA DE SEU PEDRÃO. Apresentação de Augusto Pessôa e Rodrigo Lima no SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CONTADORES DE HISTÓRIAS - SESC RJ (2008). Clique na imagem e veja a apresentação

MÚSICA - NA FEIRA DO TEM TEM (VÍDEO)

MÚSICA - NA FEIRA DO TEM TEM (VÍDEO)
O Rei Doente do Mal de Amores - apresentação no SESC Niterói 2009. Clique na imagem e assista a cena.

PARA SEMPRE FIEL (VÍDEO)

PARA SEMPRE FIEL (VÍDEO)
Conto de Nelson Rodrigues - adaptação e narração de Augusto Pessôa

SUSPIROS VÃO E VEM (VÍDEO)

SUSPIROS VÃO E VEM (VÍDEO)
Apresentação do espetáculo O REI DOENTE DO MALDE AMORES no SESC Niterói 2009. Clique na imagem e assista a apresentação

MALASARTES! (VÍDEO)

MALASARTES! (VÍDEO)
Peça baseada nas histórias de Pedro Malasartes. Clique na foto e veja um trecho do espetáculo

O JABUTI E A FRUTA

O JABUTI E A FRUTA
Apresentação no Simpósio Internacional de Contadores de Histórias - SESC RJ 2009. Clique na imagem e assista a história

A MOURA TORTA

A MOURA TORTA
Crítica do espetáculo publicada no JORNAL DO BRASIL

MARIA BORRALHEIRA - CRÍTICA (IMAGEM)

MARIA BORRALHEIRA - CRÍTICA (IMAGEM)
Clique na imagem e leia a crítica sobre o espetáculo

MALASARTES - CRÍTICA (IMAGEM)

MALASARTES - CRÍTICA (IMAGEM)
Clique na imagem e leia a crítica do espetáculo.

CRÍTICA DO ESPETÁCULO O REI DOENTE DO MAL DE AMORES

CRÍTICA DO ESPETÁCULO O REI DOENTE DO MAL DE AMORES

MALASARTES - Histórias de Um Camarada Chamado Pedro

MALASARTES - Histórias de Um Camarada Chamado Pedro
Livro de Augusto Pessôa publicado pela Editora ROCCO (2007)

FELIZES PARA SEMPRE

FELIZES PARA SEMPRE
Livro com adaptações de Augusto Pessôa - Editora ROCCO (2003)

CONTOS DE HUMOR

CONTOS DE HUMOR
Contos de Artur Azevedo - organização Augusto Pessôa - Editora ROCCO (2008)

CONTANDO HISTÓRIAS NA ABL

CONTANDO HISTÓRIAS NA ABL
CONTANDO HISTÓRIAS NA BIBLIOTECA DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS